Dr Hugo C. Neves e Dr Edson A. Neves
Doenças Vasculares

Úlceras varicosas - Como fazer um curativo em feridas nas pernas

por , 26/01/2013

O seu tratamento, mesmo quando realizado de modo adequado, costuma ser prolongado, requer acompanhamento médico semanal, curativos diários, dieta indicada e muito repouso

 



Úlcera varicosa


 As úlceras varicosas, em sua grande maioria, surgem como conseqüência do agravamento de moléstias vasculares venosas. Podem iniciar de forma espontânea, desencadeadas por picadas de insetos, apresentando pruridos. Surgem então pequenas lesões, principalmente nas regiões próximas ao tornozelo, que se agravam gerando úlceras que freqüentemente cronificam pela falta de cuidados. O seu tratamento, mesmo quando realizado de modo adequado, costuma ser prolongado e requer acompanhamento médico, curativos diários e muito repouso. 


Tratamento das Úlceras Varicosas 


Este conjunto de orientações  tem por objetivo auxiliar a todas as pessoas interessadas em prestar assistência a seus familiares  portadores ou amigos portadores de úlceras varicosas na troca do curativo diário desde que tenham autorização do médico assistente e tenham noção de medidas básicas de higiene para que possam manter a limpeza da úlcera e não se exponham aos materiais contaminadaos como secreções purulentas e ao sangue dos ferimentos.


Orientações básicas 


Avaliação. A primeira iniciativa diante de um paciente portador de úlcera na perna deverá concentrar-se em obter a indicação de uma avaliação médica especializada - realizada por um Angiologista - o mais rápido possível. Estabelecido o diagnóstico de úlcera varicosa e determinadas as condutas do tratamento, caberá aos agentes de saúde incentivar e ajudar o portador desta enfermidade a seguir rigorosamente as orientações médicas e higiênicas prescritas. 


Repouso 


É fundamental, em se tratando de úlcera varicosa, observar o repouso prolongado com pernas elevadas. Deverão ser usadas compressas de gase, ataduras de crepom (algodão), elásticas ou meias elásticas sobre o curativo desde que tenham indicação , principalmente para os pacientes que levam uma vida mais ativa e naqueles em que a úlcera está em fase de cicatrização. Este procedimento reduz o acúmulo de sangue venoso na região, ajudando a acelerar o processo de cura. 


Alimentação 


O portador de úlceras varicosas deverá alimentar-se de forma mais natural (frutas, verduras e legumes), incluir em sua dieta as carnes magras, evitando ao máximo o consumo de alimentos gordurosos, diminuir a ingestão de salgados e doces, não fumar e nem fazer uso de bebidas alcoólicas. 


Curativo diário 


Os curativos devem ser feitos diariamente, considerando as condições de higiene como imprescindíveis antes, durante e após o procedimento. Sempre que perceber alguma mudança no aspecto da úlcera, retorne ou leve o paciente imediatamente ao médico.


Importante: Mesmo com boa aparente evolução favorável, não deixe de retornar ao médico assistente para que ele possa fazer a devida avaliação periódica do caso.


Seqüência prática de curativo simples residencial 


Recomendamos fazer o curativo sempre com cuidados de higiene geral, mantendo o material a ser usado limpo e guardado separadamente. O lixo deve ser ensacado e rapidamente eliminado. 


Curativo de úlcera varicosa - Orientação Prática 


1. Como organizar o material a ser utilizado 


Observe e separe com cuidado os materiais que serão utilizados no curativo: 


• Gaze cortada em compressas


• Soro fisiológico ou na sua falta água filtrada 


• Luvas descartáveis de preferência (existem aquelas feitas de plástico poliuretano, bem acessíveis) 


• Recipiente para apoio da perna ou pé, coberto com plástico e toalha de papel descartável. Uma sugestão é utilizar sacos plásticos ou bolsas de plástico de supermercado que podem recobrir uma bacia plástica. Terminado o curativo é só fechar o saco plástico e o lixo já estará ensacado e pronto para ser eliminado, evitando assim a permanência de insetos no local e prevenindo contaminações. 


2. Como fazer a troca do curativo diário 


Prepare o material básico descrito acima num local tranqüilo, bem iluminado e arejado. Proceda da seguinte forma: 


• Lave as mãos e coloque as luvas 


• Prepare o paciente colocando abaixo do membro afetado o recipiente coberto por saco plástico e papel toalha 


• Retire o curativo anterior com cuidado para não ferir a pele próxima à úlcera. Use soro fisiológico ou água filtrada para ajudar a umidecer esoltar as gazes que estiverem muito aderidas ao ferimento. 


Importante: observe com atenção a quantidade e o tipo de secreção, pois estas informações são muito importantes e deverão ser repassadas ao médico sempre que este estiver reavaliando o paciente. 


• Lave o local da úlcera com soro fisiológico ou água filtrada, passando suavemente gazes embebidas nestas soluções sobre o ferimento tentando remover as secreções. Caso encontre secreção em grande quantidade, repita o procedimento de limpeza trocando sempre a gaze até deixar o interior da ferida bem limpo. Não proceda à limpeza de maneira brusca e forçada, para não provocar sangramentos ou agredir células novas em granulação, principalmente na fase de cicatrização. 


• Utilize, sobre a úlcera, somente a medicação indicada pelo médico, evitando emplastar com muita pomada ou creme. Poderão ser associados vários anti-sépticos, aplicados sempre sob especificações corretas e com conhecimento médico. Evite improvisar ou misturar com soluções caseiras, que podem provocar reações alérgicas no local do ferimento, retardando, assim, o processo de cura. 


obs.: Em nossa experiência com as úlceras varicosas procuramos usar o mínimo possível de pomadas. A cicatrização na grande maioria dos casos costuma ser facilitada, no entanto, siga as orientações do seu médico.


• Coloque a gaze sobre o ferimento em quantidade suficiente para protegê-lo bem e enrole com atadura de crepom prendendo-a com fita adesiva ou esparadrapo. Evite amarrar ou colocar qualquer adesivo em contato direto com a pele. 


• Oriente o paciente para permanecer a maior parte do tempo possível com as pernas elevadas acima do nível da cintura, pois quanto mais tempo permanecer nesta posição, no caso de úlcera por estase venosa, mais será facilitada a cicatrização. 


• Finalmente, oriente o paciente a não interromper a medicação sem o conhecimento do médico e sempre que tiver alguma dúvida, sensações dolorosas ou aspecto de agravamento do ferimento, com coloração e odores fortes, antecipar a revisão médica para não correr risco de complicações. 


• Uma vez curada a úlcera, é fundamental manter as condutas preventivas para que não ocorram recidivas de novas úlceras.


 


 As revisões médicas periódicas são extremamente importantes para avaliar o sistema circulatório e controlar quaisquer desvios.


 


 


         Varizes.com - "Mais que estética, bem-estar."


Barra da Tijuca -  39828646    RJ - RIO    Campo Grande  - 3394 3363


 Acompanhe-nos também pelo twitter :       www.twitter.com/varizes


 

COMENTE ESTE ARTIGO

Esta área é exclusiva para comentários. Em caso de dúvidas clique aqui.

COMENTÁRIOS DE OUTROS LEITORES (28)

  • Célia Fernandes diz: 16/08/2014 - 13:07

    Gostei muito da matéria, tirou muitas duvidas.

  • Fatima Apda Soares diz: 05/08/2014 - 09:07

    Bom dia, obrigada me ajudou bastante.

  • leidenalva diz: 03/08/2014 - 21:05

    essa dica e fundamental pra mim

  • Elaine diz: 24/07/2014 - 23:52

    Adorei os dicas obrigado.

  • Denize Rodario diz: 10/05/2014 - 23:52

    Perfeito amei esses esclarecimentos,,,ja nao sei mai o que fazer com minha ulcera varicosa,,,desespero total....

  • rosineuda dantas p, pontes diz: 08/05/2014 - 17:51

    gostei muito das orientações por ser hoje uma profissional da saúde e é sempre bom esta bem informada.

  • lourival martins da cruz diz: 07/05/2014 - 11:04

    estas dicas saõ fudametal obrigdo

  • maria jose diz: 22/10/2013 - 22:13

    gostei muito das orientações, pois o meu marido tem sempre este problema,e com isso sofre muito,por mais que siga a orientação volta sempre o mesmo problema,não sei mais oque fazer.pode mi ajudar?

  • daniel avelino mota diz: 15/09/2013 - 05:43

    parabens pelo commentario vou seguir suas recomendaçoes moro em joao pessoa cep. 58079500 um abraço bem forte seu amigo daniel.

  • SONIA MARIA diz: 11/08/2013 - 01:45

    Ótimo, muito bem explicado.

  • cintia neves diz: 08/08/2013 - 00:30

    Adorei muito esse artigo aprendi várias coisas que eu estava em dúvidas . obrigada.......

  • Delcy almeida diz: 06/08/2013 - 12:31

    foi muito esclarecedora as informações que encontrei aqui. minha sogra sofre a 25 anos desse problema e ultimamente tem se agravado mais. tenho certeza que com essas orientações poderei ajudar melhor. DEUS OS ABENÇOE PELAS VALIOSAS DICAS

  • Roseneide dos santos correia oliveira diz: 07/04/2013 - 21:01

    Gostei muito e seguirei esta informações estou muito grata e tenho certeza que será bem proveitoso.Obrigada

  • Maria Aparecisa P. Costa diz: 25/03/2013 - 22:59

    Orientação muito boa,eu frequento diariamento a enfermaria do posto de saude perto de casa para fazer o curativo em minha perna, não sei porque minha ferida abril novamente no mesmo local , ja voltei ao medico e ja estou novamente entratamento .Sua orientaçao é otima nos ajuda a nos cuidar melhor e protestar e caso o curativo por parte da enfermagens não for satisfatória.grata abraços.

  • Mariza Holz diz: 07/03/2013 - 23:36

    Gostei muito do artigo. Estou cuidando de minha sogra com 88 anos e está pela segunda vez com úlcera varicosa. É muito lenta a recuperação, mas, precisamos ter paciência e dedicação seguindo estas orientações. Obrigada, foi de grande valia! Abraços e Deus o abençoe!

  • Eugenia vecuyele diz: 01/03/2013 - 15:33

    gostei muito das dicas farei isso

  • DENIZE RODIGUES PEREIRA diz: 28/02/2013 - 22:37

    O artigo é muito bom para ajudar as pessoas que sofrem de Úlceras varicosas muito obrigada pela orientação ajudou muito uma pessoa que precisa...

  • Cassio Tanaka diz: 16/02/2013 - 21:13

    Não conhecia que tinha esses tipos de explicações s/ucera, forma de tratamento e cuidados nos curativos. Parabens pelo trabalho. Passei pelos seguintes médicos: Ortopedista 3. Dermatologista, cirurgiões geral, plásti- co e vascular. Cada especialista receitando pomadas e remédios, ao que parece começou complicar, aumentando área afetada. Novamente passei c/ outra dermatologista, que orientou de forma aproximada ins- truida no artigo de V.Sas., tanto é que em dois dias apresenta sensível melhora. C/ AGRADECIMENTO.

  • Angela Maria da Silva diz: 12/02/2013 - 18:47

    gostei muito pelas informações que vocês passam para agente, sou tecnica de Enfermagem,ultimamente estou fazendo curativo de uma pessoa, ulcera varicosa na perna direita , que estendeu.se em toda perna, mais agora esta pacte está melhor, Mas falta um bom tempo para se recuperar, muito obrigado

  • jose carlos diz: 12/02/2013 - 10:48

    mt obrigado pelas informaçoes ,me ajudaram a corrigir algumas coisas erradas q eu estava fazendo ,Deus os abençoe !!!

  • Eunice do Valle Silva diz: 06/02/2013 - 13:16

    Gostei muito das informações, eu ja estou com uma ulcera pela terceira vez, fiz o primeiro tratamento com uma medica que passa o oxido de zinco as faixas tem que ser de tecido, não molhar a perna e limpar com oleo a primeira vez cicatrizou rapido a segunda demou e agora a terceira vez está demorando muito estou com a perna muito escura, não posso ir sempre pois é muito longe de ondo moro são 3 onibus pra ir e 3 pra voltar pois o consultorio é na Taquara e eu moro em Cordovil, mas eu faço dieta de muitas coisas mesmo assim não adianta obrigado pela informação com tanta clareza.

  • maria jose diz: 06/02/2013 - 08:56

    Obrigada, adorei as dicas, vou segui-las.

  • aroldo rezende chaves diz: 05/02/2013 - 10:28

    gostei muito de ler este artigo pois luto com este probema

  • maria lucia diz: 02/11/2012 - 22:11

    muito esclarecedoras essas informações, estou cuidando da minha mãe, e descobri que estava fazendo o curativo de forma errada. valeu...

  • ROMAO diz: 15/08/2012 - 10:46

    MUITO BOA AS DICAS.OBGD

  • cici cruz diz: 26/05/2012 - 10:30

    gostei muito das imformações , pois e isso que tenho feito mais com pessimo resultado dos medicos que me atenderam, tanto nas urgencias como na medica de familia deram pouca importacia , mandou fazer curativos eo enfermeiro quase me matou de dor , tinha que ser limpo daquela maneira fui encaminhada pro angiologista pra 13 de junho . vou num particular. pra semana.obrigada.

  • madalena gonçalves diz: 03/05/2012 - 18:03

    Só tenho a agradecer pelas valiosissimas informações,tirei muitas duvidas,foi excelente.Muito Obrigada.

  • anna kelly diz: 26/08/2011 - 02:17

    oi meu nome e anna bom saber qe tem gente qe se interessa em passar conhecimento aos necessitados parabens a este site e seus criadores e colaboradores