Dr Hugo C. Neves e Dr Edson A. Neves
Estética das Pernas

Estrias quando iniciar o tratamento

por , 16/09/2011

Na idade adulta as estrias se instalam preferencialmente nas mulheres na região do bumbum e no quadril. Acomete não só as pessoas com herança genética predisponentes, mas também àquelas que sofreram uma hiper distensão da pele devido ao aumento de peso ou crescimento abrupto na puberdade.



As estrias, este mal estético que aflige a aparência  corporal das pessoas,  surge a partir da ruptura das fibras de colágeno e elastina tecidual. Podem acometer ambos os sexos, surgindo principalmente  na adolescência, geralmente nas costas e por de atrás dos joelhos, como decorrência do estirão ( crescimento muito rápido que ocorre neste período do desenvolvimento). Acaba por não dar tempo para a que a pele se adapte aos novos contornos do corpo, provocando o seu aparecimento.



 Na idade adulta se instalam preferencialmente nas mulheres na região do bumbum e no quadril. Acometendo não só as pessoas  com herança genética  predisponentes, mas também àquelas que sofreram uma hiper distensão da pele devido ao aumento de peso, o chamado  efeito sanfona, onde a pessoa engorda e emagrece repetidas vezes num curto espaço de tempo ( semelhante ao que acontece durante a gravidez). Sendo que no período gestacional costumam se instalar em maior abundância na mama, no abdômen e coxa.



  São resultantes da ruptura das fibras de colágeno e elastina da pele  e podem também  advir de tratamentos sistêmicos com corticosteróides e tratamentos tópicos com corticosteróides fluorados. Na gravidez e na Síndrome de Cushing as estrias ocorrem devido a atividade adrenocortical. Portanto, sempre que possível, evite remédios à base de cortisona, tanto os que se ingere como os que se aplicam na pele, pois enfraquecem as fibras elásticas e causam rupturas da pele.



 Quando iniciar o tratamento



 Atualmente as clínicas de estética oferecem uma enorme variedade de tratamentos anti-estrias, a maioria, no entanto, apenas  ajuda a atenuar a aparência desta patologia, que é praticamente irreversível,  mas que sem dúvida, vale a pena ser tratada para minorar este desconforto estético terrível para os exigentes padrões estéticos atuais de nossa sociedade.



As estrias respondem melhor ao tratamento quando no início. Recomendamos assim que se notar a formação de linhas finas ou largas, que podem permanecer avermelhadas ou arroxeadas de três meses a dois anos, deve-se procurar uma orientação profissional para se avaliado o grau de cometimento e iniciar o seu tratamento. A resposta nesta fase costuma ser bem sucedida em curto prazo.



Agora, diante das estrias mais antigas, onde o organismo passa a produzir um colágeno mais espesso e as estrias ficam semelhantes a uma cicatriz com coloração perolada ( já que a melanina, pigmento que dá cor à pele é eliminada), chegando a apresentar uma depressão no plano da pele. É bom que se saiba que irá, sem dúvida, necessitar de um tratamento escalonado em etapas para se conseguir ir aos poucos abrandando a sua desagradável aparência.





Em nossas clínicas estamos utilizando  principalmente a infusão de CO2 anidro "CARBOXITERAPA" para promover nas regiões afetadas, a produção de colágeno e elastina, melhorando o aspecto da epiderme, nivelando-a e devolvendo a coloração próxima ao normal.



Costumamos recomendar 10 sessões para a primeira fase do tratamento. Consistindo em aplicar de um só lado do corpo cinco sessões, comparamos com o lado contralateral e analisando em todos os aspectos a resposta obtida dá-se continuidade, incrementando técnicas e produtos que otimizem as respostas.



 Independente da gravidade das estrias, é possível, na maioria dos casos, observar uma melhora estética, o  que motiva a paciente dar  a seqüência necessária ao seu tratamento. Em muitos casos, contando com a satisfação aos primeiros resultados, é normal que o  paciente dê continuidade com mais sessões complementares. Fato, este, fundamental para promover um incremento significativo na resposta imunológica de recuperação geral da normalidade tecidual das várias estruturas envolvidas nesta patologia.



 



 Varizes.com - "Mais que estética, bem-estar."



Continue nos acessando que sempre estaremos prontos para contribuir com informações para melhora de sua saúde e estética  vascular.



 Acompanhe-nos também pelo twitter : www.twitter.com/varizes

COMENTE ESTE ARTIGO

Esta área é exclusiva para comentários. Em caso de dúvidas clique aqui.

COMENTÁRIOS DE OUTROS LEITORES (0)

  • Nenhum item encontrado.