Dr Hugo C. Neves e Dr Edson A. Neves
Prevenção Vascular

Riscos de varizes com cintas elásticas

por , 15/09/2010

O uso de certos tipos de cintas de compressão elástica pode favorecer o surgimento de varizes pela pressão que promovem nas pernas

Uma atitude bastante favorável ao aparecimento de varizes é o uso de cintas elásticas. Apesar disso, muitas mulheres mantêm o costume de utilizá-las de forma indiscriminada, quando, na verdade, elas são indicadas para casos especiais, como pós-operatórios de lipoaspiração de quadril e abdômen, e sempre por um tempo determinado.


 Como ela contribui para melhorar as formas dos glúteos e a esconder os nódulos de celulite, as cintas que vão até a metade das coxas ou abaixo do joelho se tornam irresistíveis para as mulheres. O uso diário gera tensão extra sobre os vasos periféricos das panturrilhas, o que pode aumentar a incidência de varizes ou o seu agravamento, caso o quadro já esteja instalado.


 O ideal é que, de maneira geral, peças que apertem fortemente as pernas ou o quadril de cima para baixo, ou seja, da cintura para os pés, sejam evitadas. O melhor são as que fazem a compressão no sentido inverso, de baixo para cima, como as meias elásticas medicinais compressivas. Bastante eficientes na diminuição de desconfortos e dores nas pernas, têm atuação importante no tratamento e prevenção das varizes.


 Mais uma vez, fica claro que o improviso está longe de ser o recomendado. Problemas estéticos nas nádegas e culotes devem ser tratados com orientação médica por meio de procedimentos adequados. Inventar soluções em casa pode gerar novos transtornos estéticos no futuro.

COMENTE ESTE ARTIGO

Esta área é exclusiva para comentários. Em caso de dúvidas clique aqui.

COMENTÁRIOS DE OUTROS LEITORES (0)

  • Nenhum item encontrado.