Dr Hugo C. Neves e Dr Edson A. Neves
Tratamento de Varizes

Tratamento de Varizes grossas com espuma densa

por , 03/01/2014

Anime-se para tratar suas varizes neste início de ano novo - Belas Pernas em 2014. Agora já é possível tratar varizes grossas (grosso calibre) com a aplicação de micro espuma densa, evitando muitas das cirurgias de varizes segmentares.

     Cada vez mais evolui o tratamento de varizes. Atualmente com o advento da injeção da micro espuma densa já é mais do que evidente os significativos avanços no tratamento das varizes de pequeno, médio e grosso calibre com o uso adequado deste tipo de esclerosante.





     É importante ressaltar que embora os resultados sejam animadores e que a cada dia mais e mais colegas o utilizem em seu arsenal terapêutico,este tratamento não é instantâneo como em alguns vídeos deixam transparecer esta percepção. 





     Na maioria dos casos é necessário um tempo de algumas semanas até que o vaso de grosso  calibre tratado possa ser totalmente esclerosado e deixar de ser notado na perna. Em alguns casos poderá ser necessário reaplicar ou até drenar algum sangue (mais escuro) que fique retido no trajeto varicoso com este tratamento.





     Na sequência das 3 fotos abaixo evidencio o momento de uma sessão de tratamento com a espuma densa, onde se pode observar que logo assim que é injetado este esclerosante o vaso varicoso desaparece, no entanto,com o intuito de esclarecer esta questão, reafirmo que este é apenas o início do tratamento. 



 



Varizes de grosso calibre



 



Aplicação de espuma densa



Imediatamente após a aplicação de espuma densa



 



Para um total e pleno tratamento, é indicado ao paciente retornar ao Angiologista na semana seguinte para acompanhamento. Assim, o paciente terá condição de ver suas pernas com melhores condições clínicas e estéticas.



 



Contudo, não podemos descartar a possibilidade de ainda termos que indicar em certos casos a cirurgia convencional de remoção parcial ou total de varizes, principalmente, para aqueles pacientes que clinicamente e, evidenciados pelo ecocolordoppler, tenham tal indicação.

COMENTE ESTE ARTIGO

Esta área é exclusiva para comentários. Em caso de dúvidas clique aqui.

COMENTÁRIOS DE OUTROS LEITORES (0)

  • Nenhum item encontrado.