Dr Hugo C. Neves e Dr Edson A. Neves
Tratamento de Varizes

Professor, profissão com alto índice de varizes

por , 04/06/2013

Em levantamento feito em nossas Clínicas Varizes. com notamos a prevalência de varizes na profissão de Professor




         Em  levantamento feito em nossas Clínicas de Varizes (Campo Grande - Barra da Tijuca e Centro do RJ), notamos a prevalência de varizes na profissão de professor de forma bem acentuada em relação às demais profissões. Tal fato mereceu de nossa parte um estudo mais aprofundado das razões que levam estes profissionais a desenvolver esta patologia vascular.






         Analisando a postura do professor em atividade de classe, notamos que a grande maioria trabalha com poucos deslocamentos e permanecem por várias horas  durante o dia em ortostatismo, ou seja, em pé ou sentado e parado. Esta atitude postural é, sem dúvida, um  importante fator na formação ou agravamento das varizes. Devido à ação da gravidade, o sangue venoso periférico tem seu fluxo dificultado quando se diminui demasiadamente a ação da musculatura das pernas e dos pés, principalmente se não for ativada com o caminhar a bomba plantar .

          Por outro lado, quando esses longos períodos com pouca mobilidade são associados a subidas e descidas  em escadarias e rampas, muitas vezes com sobrecargas de material escolar, provocam uma tensão exacerbada na musculatura das panturrilhas, favorecendo ainda mais a dilatação dos vasos, suscitando o surgimento ou agravamento das varizes.

          Ao movimentar as pernas de forma normal, a sola dos pés funciona, a cada passo, como uma esponja, daí o nome esponja plantar. Ela é responsável pelo estímulo inicial, ao comprimir as paredes das veias dos pés, desencadeando, assim, uma onda para a circulação que favorece, em muito, o fluxo venoso que irá levar o sangue de volta aos pulmões.

          Várias são as medidas profiláticas e preventivas que podem ser adotadas pelos professores, até mesmo durante o exercício de suas atividades profissionais. No entanto, a conduta mais indicada é fazer uma avaliação clínica do seu quadro vascular, para que sejam tomadas as providências adequadas a cada caso.

          De forma genérica, costumamos orientar aos pacientes que possuem varizes para:

          Repousar com as pernas elevadas. Coloque, sempre que possível, as pernas estendidas com os pés mais altos que o quadril. Isso poderá ser feito nos intervalos do trabalho, com o auxílio de um apoio quando estiver sentado na sala dos professores ou em casa, assistindo a TV. Até nos pés da cama poderá ser colocado um calço de aproximadamente 5 cm para que você possa repousar com os pés ligeiramente mais elevados que a cabeça.

          Massagear as pernas superficialmente. O costume de massagear ou automassagear as pernas deve ser incorporado ao cotidiano. Procure, duas a três vezes ao dia, estimular a circulação de retorno venoso das pernas com massagens no sentido do pé para a virilha, de forma suave e contínua, até por sobre a roupa. Inicie com ambas as mãos em torno de um tornozelo e, com as pernas ligeiramente flexionadas para facilitar, vá deslizando as mãos até a coxa. Repita de 3 a 5 vezes em cada perna.




Caso esteja em local ou com roupa não muito apropriados, faça pelo menos um bombeamento discreto com ambas as mãos nas panturrilhas, associado a movimentos circulares e de extensão e flexão do pé.



           Faça também um alongamento das pernas ao sentar, exercitando os pés, ora tocando a ponta dos pés ora o calcanhar no solo, estimulando assim a esponja plantar.




         Fazer uma hidratação regular, principalmente matinal. Habitue-se a ingerir diariamente vários copos de água fresca filtrada no decorrer do seu dia. Desta maneira você estará contribuindo para melhorar a dinâmica dos fluidos do organismo e, principalmente, a circulação venosa. Logo pela manhã, mesmo antes do café, comece o dia com dois a três copos d’água. No início você poderá sentir alguma dificuldade, mas logo que começar perceber o bem-estar que este hábito desencadeia, ficará acostumado e não terá nenhum desconforto ao ingeri-la.

          Evitar atitudes estressantes. Procure, diante de fatos ou atividades estressantes, manter-se sensato, evitando que os comportamentos extremados e descontrolados se tornem uma constante no seu modo de vida. 




          Em nossa pratica diária com pacientes varicosos, temos observado que os fatores mentais são de grande importância na formação dos vasos: pacientes que se mantêm constantemente em atitudes explosivas, rancorosas ou extremamente estressados, costumam desencadear ainda mais o aparecimento das varizes.




           Manter o corpo em equilíbrio. Durante as atividades profissionais, procure ter uma postura anatômica, principalmente ao sentar, evitando as pernas cruzadas ou os pés por debaixo da cadeira.




          Evite as sobrecargas, tipo bolsas e malas pesadas. Procure controlar a alimentação para manter um corpo com medidas proporcionais.




           Praticar uma atividade de lazer. Esta atitude é fundamental: reequilibra o nosso controle emocional, trazendo a sensação de bem-estar que favorecerá, inclusive, o fluxo sanguíneo e linfático. Lembre-se: é através de pequenos bons momentos de lazer e alegria, seja na prática de atividades culturais, esportivas ou artísticas, estando só, em companhia de familiares, amigos ou até mesmo de colegas de profissão, que desencadeamos um processo favorável ao aumento de nossas defesas imunológicas, fundamentais na manutenção da saúde e na prevenção de muitas doenças.



 



Evidentemente estas condutas não isentam a possibilidade de um comprometimento vascular no futuro, mas com certeza irão contribuir de maneira significativa para evitá-lo, ajudando a manter o profissional de ensino mais atento ao seu organismo, conhecendo-se melhor e conscientizando-se de que é possível e salutar intervir através de atitudes fisiológicas que podem contrapor as tendências hereditárias exacerbadas pelas atividades profissionais para a formação de varizes.



 



.....



Continue nos acessando que sempre estaremos prontos para contribuir com informações para melhora de sua saúde e estética vascular.



 



Varizes.com - "Mais que estética, bem-estar." 



Acompanhe-nos também pelo twitter : www.twitter.com/varizes 



COMENTE ESTE ARTIGO

Esta área é exclusiva para comentários. Em caso de dúvidas clique aqui.

COMENTÁRIOS DE OUTROS LEITORES (1)

  • elizabete ferreira da silva diz: 28/04/2012 - 21:10

    COM TODAS ESSAS INFORMAÇÕES SOBRE A PROFISSÃO DE PROFESSOR SER UM GRANDE MOTIVO DO APARECIMENTO DE VARIZES COMPRIENDI O PORQUE QUE EU NÃO CONSIGO PARAR DE TER VARIZES. OBRIGADA PELAS DICAS QUE ACABEI DE LER EM SEU ARTIGO.